Entendendo a importância de ser ESG no mundo dos negócios

Cronograma de implantação do eSocial é atualizado
10 de julho de 2021
Principais dúvidas e impactos da LGPD na saúde ocupacional
18 de julho de 2021

Investidores e consumidores estão cada vez mais atentos ao impacto social e ambiental dos negócios. A abordagem em torno da responsabilidade social corporativa mudou nos últimos anos. À medida que se torna mais evidente a necessidade de combater as mudanças climáticas ou o aumento da desigualdade e as empresas se conscientizam do seu impacto na sociedade, os compromissos ambientais, sociais e de boa governança (ESG) ganham relevância.

Mas você sabe o que é ESG? Ele representa uma abordagem mais centrada nas práticas empresariais e de investimento que, além do lucro, se preocupam com a sustentabilidade. À medida que essas preocupações se tornam cada vez mais importantes para os gestores, é essencial considerar as nuances globais que direcionam o foco região por região.

O que é ESG?
ESG é a sigla que em inglês significa “Environmental, Social and Corporate Governance” (Ambiental, Social e Governança) e refere-se aos três principais fatores ao medir a sustentabilidade e impacto de um investimento em um negócio ou empresa. Grande parte dos investidores com responsabilidade social analisam as organizações, por meio de critérios ESG com o intuito de saber quais são os melhores investimentos a serem feitos.

É um termo comumente usado no mercado de capitais, e os investidores fazem uso dele, a fim de analisar o comportamento das companhias, além de estabelecer seu futuro desempenho financeiro. ESG está crescendo em importância entre investidores de empresas, que se preocupam com o meio ambiente e com a sociedade.

Atualmente, os argumentos éticos e o ajustamento com os valores estimulam investidores, porém, o conceito está se desenvolvendo de forma rápida, visto que inúmeros investidores buscam integrar elementos ESG à análise financeira em junção com os investimentos.

Se tornou ainda mais imprescindível, em virtude da pandemia do coronavírus, realizar investimentos em instituições que apoiam ações sustentáveis em suas atividades e que se adaptam a mudanças. Em outras palavras, a empresa que não considerar e aplicar os princípios ESG podem perder investimentos importantes e ficar atrás de seus concorrentes.

Boas práticas de ESG que podem ser adotadas na empresa
Há um artigo da “Harvard Law School Forum on Corporate Governance” chamado The Age of ESG que cita algumas boas práticas que listamos abaixo:

Engajamento proativo dos acionistas
Hoje em dia não é mais suficiente centrar as discussões com os acionistas de empresas de capital aberto somente no aspecto financeiro (vendas, lucro, mercado, etc.). É preciso que os assuntos que fazem parte do ESG sejam pauta constante dessas discussões. ESG não deve ser um assunto esporádico, mas sim perene.

Adotar e abraçar verdadeiramente a sustentabilidade
Além de estar na agenda de discussões com os acionistas, como falamos acima, é importante que sustentabilidade e ESG estejam dentro dos planos estratégicos das organizações. Além de fazer parte das discussões esses assuntos tem que fazer parte das ações da empresa.

Estabelecer um conselho focado para o ESG
Alinhado com as duas práticas acima, para dar peso e mostrar a importância do assunto, é crucial que seja criado um conselho ou uma diretoria que vai tratar de ESG como sua prioridade, com autonomia e poder de decisão. Isso não somente mostra a seriedade com que a empresa trata o tema, como também dá condições para a realização das ações com esse foco.

Melhorar sua governança ESG interna
Sustentabilidade, propósito e valores têm que estar intimamente ligados dentro da organização. Precisam ser acompanhados por indicadores (KPIs) periodicamente como forma de monitorar a performance dos processos ligados a eles, além de demonstrar sua aderência à cultura da empresa.

Comunique, conte sua história de sustentabilidade
Atualmente, a comunicação dentro das organizações cresceu muito em importância e valor para diversos assuntos como planejamento, estratégia, resultados, enfim, a vida da empresa e não é diferente quando falamos em sustentabilidade. Não podem haver mais perguntas sem respostas e tampouco devemos “terceirizar” essas respostas uma vez que esse assunto é proprietário e sua abordagem é diferente de empresa para empresa, logo a informação clara e a comunicação aberta é de suma importância para o engajamento das pessoas e para o sucesso do programa.

Como aplicar o ESG na sua empresa?
Hoje em dia, o compromisso ambiental é um elemento importante para muitos funcionários. E as empresas com trabalhadores mais comprometidos tendem a ter um desempenho acima da média. Estabelecer uma estratégia de comunicação com os funcionários , treiná-los e permitir que eles se envolvam nas políticas e ações ESG da organização é importante para promover o compromisso ambiental e social da empresa.

Treinar os colaboradores e capacitá-los para realizar as suas funções de forma segura não só para si mesmo mas também para o meio ambiente e a sociedade. O fato é que a Segurança do Trabalho é um importante alicerce da sustentabilidade de uma empresa e ações que visam a melhoria das condições de trabalho e a segurança dos colaboradores impactam positivamente nos resultados associados ao ESG além de fortalecer a imagem da empresa.

Agora você sabe o que é ESG e como aplicá-lo em sua empresa. É essencial ressaltar a sua importância no aumento da competitividade e alinhamento com seu público. O fato é que os parâmetros ESG chegam para redefinir as prioridades das empresas e para superar o mito de que lucratividade e propósito são caminhos diferentes. O movimento cresce e dá início a uma consciência coletiva nos negócios por práticas de produção, relacionamento e gestão mais responsáveis ​​e sustentáveis.

Fonte: SAFE

Autenticação do Certificado